20 abril 2012

Obesidade Infantil



A Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF 2008-2009) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde,  apresentou um aumento importante no número de crianças acima do peso no país. Uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, em todos os grupos de renda e em todas as regiões brasileiras. Já o índice de jovens de 10 a 19 anos com excesso de peso passou de 3,7%, em 1970, para 21,7%, em 2009.
Será que uma dieta restrita em calorias, com orientações nutricionais pontuais e muita disciplina,  garantem o sucesso de um programa de reeducação alimentar para crianças e adolescentes?

Reeducação Alimentar para Crianças e Adolescentes
10 dicas que certamente vão fazer a diferença!!!

–  Conte uma história, seu filho precisa entender porque é importante comer frutas e não comer biscoito recheado, balas, doces, salgadinhos e alimentos gordurosos em geral. Depois que esse conceito passa a fazer sentido para a criança fica mais fácil introduzir alimentos saudáveis na sua rotina diária.
2 – Fracione a alimentação do seu filho para que ele coma sempre de 3 em 3 horas, o fracionamento da dieta é fundamental para evitar que as crianças sintam fome e “belisquem” nos intervalos das refeições.
3 – Tenha opções em casa, se a criança abrir a despensa ou a geladeira e só encontrar alimentos saudáveis não terá outra escolha.
4 – Dance, brinque, pule: Movimente-se! Criança precisa se movimentar, tire seu filho do sofá, da frente da Tv e do vídeo-game e programe uma semana movimentada com atividades que ele goste e sinta prazer ao fazer.
5 – Providencie lanches saborosos e saudáveis para que seu filho possa levar para a escola evitando assim as guloseimas e alimentos calóricos da cantina.
6 – Oriente seu filho a beber água nos intervalos das refeições, criança hidratada tem mais disposição para manter-se ativa.
7 – Varie as preparações utilizando legumes e verduras, permitindo assim que a criança tenha uma alimentação variada e dê uma segunda chance aos alimentos que não aceita de jeito nenhum. E se por acaso você, papai ou mamãe, não come alface, berinjela ou brócolis, seu filho provavelmente também não vai comer.
8 – Faça escolhas alimentares inteligentes nos fins de semana compartilhando com seu filho de forma divertida o prazer da alimentação saudável.
9 – Procure um bom Nutricionista para orientação e acompanhamento nutricional, criança não deve fazer dieta restritiva e sim seguir um planejamento alimentar adequado a sua faixa etária e rotina diária.
10 – Cuidado com o que seu filho assiste na TV! Hoje em dia já existem alguns desenhos, programas e canais de TV dedicados ao público infantil que se preocupam em divulgar a importância da alimentação saudável.

Quem ainda não viu LazyTown no canal DiscoveryKids não conhece o doce saudável que deixa meninos e meninas fortes, quem viu sabe que o programa promove a alimentação saudável e estilo de vida ativo de forma lúdica para crianças.

                                      
                                      Lazy Town: A cidade mais preguiçosa

O Movimento Cartoon, exibido nos intervalos da programação do canal Cartoonnetwork, é um programa de responsabilidade social empresarial que, através de campanhas, eventos, parcerias e grande audiência entre o público infantil, encontra-se comprometido com problemas sociais e ambientais. A Promoção do estilo de vida saudável é uma das cinco áreas temáticas escolhidas como prioridade para as campanhas. A iniciativa apresenta uma preocupação especial com o sobrepeso e a obesidade, com o estilo de vida ativo, e com a idéia de encorajar as crianças e suas famílias a compartilharem refeições saudáveis, esportes e brincadeiras.

                                  
                                   Movimento Cartoon: Não coma em excesso! :)

O saudoso Capitão Planeta também chama a atenção para a consciência ambiental e a importância de viver em um planeta saudável, quer tema mais atual? O desenho estreou em 1991 e hoje em dia, embora não esteja na grade de programação este mês, é exibido no canal Futura.         
          
                                                       

Lembre-se que as crianças são muito inteligentes e essas dicas são importantes porque o sucesso de um programa de reeducação alimentar depende principalmente da educação nutricional, isto é, da forma como trabalhamos o conceito de alimentação saudável com as crianças. Não basta dizer que frutas, verduras e legumes fazem bem à saúde, você precisa convencê-los. E a melhor parte deste processo de interação, além da sensação de dever cumprido, é ter um filho mais ativo, saudável e feliz.

Fonte: Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008/2009 - IBGE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário